sexta-feira, novembro 11, 2011

Madly Kenzo



Já mencionei em outras oportunidades que alguns designers vão, ao longo de suas carreiras, construindo suas imagens se apropriando de elementos gráficos e formais. Quando conseguimos identificar que um tal traço é de um designer específico siginifica que este atingiu um grau de apropriação das formas tal que estas se tornam sua própria identidade, quase como se fosse uma marca registrada.
Ron Arad é um destes designers que conseguiram criar esta associação de seu trabalho com alguns traços característicos. E ele foi o responsável pelo design do último perfume da marca Kenzo, chamado de Madly Kenzo.
O briefing passado para o design pedia a criação de uma embalagem para um perfume criado especialmente para a mulher que é livre, que ama loucamente esta liberdade, é audaciosa e não se prende à convenções.
Ron Arad então se inspira no vôo de uma borboleta para a criação do frasco. 
O frasco é de vidro flint, de uma distribuição impressionamentemente regular. Aliás, esta regularidade da parede do frasco foi o que mais me chamou a atenção, pois é algo extremamente difícil de se obter e que permitiu a utilização de um pescante super reto, outra coisa difícil de se ver em perfumaria. Aqui no Brasil, não conheço nenhuma vidraria onde seja capaz de se obter uma embalagem com estas características.
O formato do frasco é de uma elipse oblonga levemente torcida. Nas suas laterais linhas contínuas tomam todo o perímetro e reforçam a sensação de movimento infinito que embalagem transmite.



Foi utilizada ainda no frasco, uma pintura (spot) na cor azul escuro, o que le confere uma sensação de estabilidade, mesmo com sua base mínima. A decoração, além desta pintura no fundo é somente a gravação  em silk screen do nome Kenzo em vermelho vivo, no que seria o painel frontal da embalagem.
Uma pump prata brilhante serve de suporte para uma tampa plástica super transparente, assim como o vidro, que serve de complemento para o forma da elipse, inclusive com as mesmas linhas que dão idéia de continuidade, com um encaixe perfeito. 






O cartucho, como pode ser visto na imagem acima, é bem simples, porém transmite perfeitamente a idéia de liberdade e alegria presentes no briefing. De formato retangular, ele foi impresso em cromia onde foram tomado cuidados especiais para a obtenção das cores vivas que se vê na arte.


Curiosamente, na minha opinião, este frasco (guardadas as devidas proporções) se parece bastante com um outro com inspiração completamente diferente já comentado aqui, para a mesma marca Kenzo pelo mesmo Ron Arad. Vejam imagem abaixo do perfume sem nome de Kenzo, leiam o post aqui e tirem suas próprias conclusões!



No site da fragrância, há um entrevista imperdível com o designer, onde ele mostra seu estúdio e seu processo criativo aplicado na criação desta embalagem. Uma das coisas que ele cita é o quão difícil é a criação de um objeto e como a compreensão desta dificuldade é algo distante para quem não é designer.
Abaixo, algumas etapas do desenvolvimento do design do frasco:








Aqui, algumas imagens dos anúncios feitos para mídia impressa:
 






Aqui, o vídeo feito para a fragrância:





Fontes:
Kenzo Parfums
Madly Kenzo
Ron Arad Studio
Ron_Arad_(industrial_designer)
Youtube



domingo, outubro 02, 2011

Oriens - Van Cleef & Arpels

 

Já há algum tempo eu queria falar sobre esta embalagem. Já havia feito alguma pesquisa, separado material, vi vídeos e reviews na internet, mas faltava uma coisa: Este frasco nunca esteve em minhas mãos. E esta semana, isto aconteceu. Tive a oportunidade de receber um frasco destes, desmontá-lo e o melhor, falar diretamente com a empresa que o desenvolveu e tirar as minhas dúvidas! Foi mágico!
Ë quase impossível não notar esta embalagem onde quer que ela esteja! Ela é tão opulenta e tão chamativa que poucos olhares escapam à sua beleza. Lançada em outubro do ano passado, ela foi a vedete da LuxePack Mônaco 2010, a meca da embalagens de luxo!

 

O design da embalagem, inspirado no anel “Arbres aux Songes”, da coleção “Sonhos de uma Noite de Verão” (Midsummer Night’s Dream), - veja imagem deste anel acima ao lado do frasco - ficou a cargo de Joël Desgrippes, aquele mesmo, do famoso estúdio que também leva o seu nome. Detalhe: esta mesma coleção foi inspiração para uma outra embalagem de um perfume da marca, já comentado aqui neste blog, o Féerie, lançado pela Van Cleef & Arpels em 2008.
 

O frasco de vidro é flint, polido e tem perfil simples, sem muitos detalhas. Super bem acabado, possui uma base circular e paredes que sobem no formato de uma lanterna chinesa super polida.

Na lateral do frasco, foi providenciado um chanfro, facilitando a aplicação da decoração em hot-stamping, uma camada grossa prata brilhante. 
Sobre o frasco, repousam uma pump com capa metálica (também prata brilhante) e um cache plástico metalizado, harmonizando com a pump.


 
 

O grande show ficou mesmo com a tampa. Produzida primorosamente pela então Lisi Cosmetics (recentemente adquirida pelo grupo francês Qualipac-Pochet, que também controla a brasileira Ipel, especializada em plásticos injetados).
Esta tampa é que reproduz o anel citado anteriormente. Ela representa uma grande gema facetada (a pedra  que adorna o anel de onde veio inspiração para a embalagem é uma turmalina), ladeada por folhas prateadas.
Produzida em Surlyn, de espessura super grossa, a tampa foi pintada internamente com “spots” de tinta em 3 cores diferentes, mimetizando assim a refração da pedra preciosa.
Abaixo desta “pedra preciosa” feita de Surlyn, um inserto plástico metalizado foi posicionado para potencializar o efeito da refração.


 

A peça final, que complementa conjunto são as folhas que rodeiam a parte de Surlyn. Feita em material plástico, ela tb foi metalizada em prata brilhante.
O cartucho, simples como a maioria dos que são feitos fora do Brasil, cumpre sua função primária de proteger o produto, e só! Quem dera, aqui no Brasil destinássemos mais dinheiro para o design da embalagem primária, como é feito lá fora! Retangular, impresso em somente uma cor e com detalhes em hot-stamping, conta, além disto, com um alto-relevo em seu painel frontal, reproduzindo as folhas da tampa da fragrância.



Interessante notar que a fragrância é apresentada em 3 tamanhos diferentes: 100ml, 50ml e 30ml, cada uma com seu frasco. As versões de 100ml e 50ml compartilham a mesma tampa. Já a de 30ml possui uma tampa exclusiva, sem o detalhe das folhas.
Aqui, o material para comunicação em mídia impressa:



domingo, setembro 25, 2011

Loverdose - Diesel

 


Se existe uma marca que utilize bem conceitos de insensatez e loucura para construir sua imagem e assim se conectar ao seu público, esta marca é a Diesel.
As campanhas da marca para divulgar sua linha de produtos de vestuário são sempre lembradas como exemplo de jovialidade e ousadia.
Na sua “divisão de fragrâncias˜, a empresa também procura manter o “mesmo nível de atendimento”, com lançamentos sempre recheados de conceito e design.
O último produto deste “repositório” de idéias ousadas é o perfume Loverdose.
O nome da fragrância é o resultado da composição das palavras amor (Love) + Overdose.  Para reforçar o conceito de “alta concentração de amor”, eles também criaram o subtítulo “The new elixir of love” (O novo elixir do amor), que acompanha o site - veja links no fim do post - e algumas peças da campanha publicitária.
O design do frasco é primoroso! À primeira vista (para ficar no tema amor), tem-se a impressão de que o frasco é completamente assimétrico, mas isto é somente uma impressão. Cuidadosamente feito em vidro facetado, o design reproduz o formato de um coração esculpido em pedra preciosa, mas é possível também a leitura de que seja o formato da ponta (seta) de uma flexa do amor, utilizada pelos famosos querubins, representantes máximos da paixão e do amor arrebatador.
Apesar ser um frasco sem fundo, o que dificulda a produção na vidraria, o design foi inteligentemente pensado para que o frasco se assente em 3 posições pré-definidas, facilidando assim a exposição e também, de certa forma, resolve um pouco o problema da  produção do vidro. Design a serviço da produção em série!!!!
Um outro detalhe que também contribui para dificultar a produção é o fato do gargalo do frasco estar posicionado em nível inferior ao do ombro! A dificuldade consiste em retirar o frasco do molde, sem prejudicar a qualidade do acabamento.
A decoração, simplesmente o lettering sem serifa das marcas (Diesel e Loverdose) foi feita em silk screen na cor branca e colocada cuidadosamente em um dos painéis facetados do frasco.



Complementa o perfume uma pump com cache na cor preta e atuador com relevo no topo na cor prata brilhante. A pump também possui um sobrepescante cônico de material plástico na cor preta. A preocupação com os detalhes é evidente, pois o cache possui posicionamento (para que se encaixe nos detalhes facetados do frasco) e até a pastilha (normalmente transparente por questões de custo) foi produzida na cor preta. Uma tampa cilíndrica super simples, mas muito bem produzida e acabada complementa o conjunto.




O cartucho, mais uma vez, é espartano. De formato retangular, não utiliza artifícios para aumentar o “size impression”, como fazem muitas empresas mundo afora. Em papel cartão de qualidade, é impresso em somente 2 cores (magenta e preto) com detalhes em relevo e hot-stamping.
Um detalhe relacionado com o mercado que quero destacar é que este lançamento é mais um entre tantos outros que reforça que o conceito de amor está mais forte do que nunca. Por vezes considerado uma fragilidade é até piegas, para não dizer brega, este sentimento está intimamente ligado ao mundo das fragrâncias e, no momento, está com força total. Como já diziam os Beatles: All we need is love!
Quem ilustra toda a campanha é Ashley Smith, uma modelo que assim como o frasco, possui uma beleza única. Sua belíssima figura pode ser vista na campanha para mídia impressa, reproduzida abaixo:






Aqui, o teaser vídeo da campanha:

E aqui o vídeo completo, com 60':



Vale também destacar o belo trabalho da StudioXAG nas vitrines da badalada loja das Galleries Laffayettes. em Paris. Foram nada mais, nada menos do que todas as 14 vitrines da grande loja parisiense, ambientadas especialmente para o lançamento de Loverdose:


 


Mais imagens no link da StudioXAG, no fim do post!
Fontes:

 








quarta-feira, agosto 24, 2011

Lady Gaga, Perfumes, Sangue, Sêmen e o oportunismo!


Como não poderia deixar de ser, Lady Gaga avança a passos largos em diversas áreas, muito além do cenário musical do qual faz parte. Suas intervenções não passam desapercebidas, onde quer que seja. Sua mais nova empreitada é na perfumaria.
O que se esperar de Lady Gaga nesta área? Ser surpreendido, eu diria. Isto no mínimo. Há rumores de que Lady Gaga em breve lançará (previsto para 2012) um perfume cuja essência será inspirada em nada mais do uma mistura das essências que emanam de sêmen e sangue!
Isto pode chocar os mais sensíveis, mas pesquisando um pouco, percebe-se que a idéia por sí só não é nova. Outras marcas já lançaram perfumes inspirados por substâncias, digamos, inusitadas, como por exemplo Tom Ford, que tem um perfume que é inspirado em cocaína.
O que é mais interessante neste caso é que uma empresa italiana, aproveitando-se do burburinho gerado pelas declarações de Stefani Germanota (também conhecida pelo nome de Lady Gaga) rapidamente lançou o conjunto de perfumes chamado de Blood Concept, cujas embalagens aparecem aí na abertura do post.
A idéia dos responsáveis pela marca italiana, os senhores Giovanni Castelli e Antonio Zudda, é um set de 4 perfumes unissex, baseados nos diferentes grupos sanguíneos (criativamente chamados de A, B, AB e O).
Diferentemente do que eu esperaria de uma embalagem de perfume que tivesse a participação de Lady Gaga em seu time de design e desenvolvimento, os frascos dos perfumes Blood Concepts são, para não dizer outra coisa, no mínimo frustantes. Tanto significado e nenhum sígno/símbolo foi utilizado, o que indica um certo senso de oportunismo neste lançamento.
Os frascos de vidro, contendo cada um 40ml da frahgrância, são meras reproduções de embalagens (meio antigas) de medicamentos e utilizam conta-gotas como aplicador.
Resta-nos esperar a próxima primavera (no hemisfério norte) para conhecer o que anda desenvolvendo a equipe de Lady Gaga, responsável pelo perfume que ela tanto comenta por aí que lançará, provavelmente em uma associação com a gigante Coty.
Na minha opinião, se ele seguir o seu estilo, veremos algo realmente diferente do que vemos por aí!

Só para ficar no clima, abaixo, o clipe da canção Bloody Mary, de Lady Gaga:
Fontes:

domingo, agosto 21, 2011

Burberry Body - Burberry



Estamos tão habituados com a overdose de informações destes novos tempos que nos surpreendemos quando vemos algo simples. 
Simplicidade. É assim que defino o frasco do novo perfume da marca Burberry. O produto, chamado de Burberry Body só será lançado em Setembro, mas a campanha de divulgação segue a passos largos.
Com design assinado por Christopher Bailey, principal criativo da marca Burberry, o frasco é feito de vidro flint super polido. Seu formato facetado, inspirado nos cristais naturais de quartzo, possui base hexagonal pequena e painéis de relativa altura, combinação que é o pesadelo de qualquer vidraria que preze pela qualidade e pela produtividade, devido à grande dificuldade de se conseguir manter a estabilidade durante a produção e ao mesmo tempo evitar as quase inevitáveis marcas da esteira que conduz os frascos quando saem incandescentes do forno em direção ao resfriamento. O fundo grosso, outro complicador do processo - junto com o formato - reforça a aparência do cristal de quartzo, como pode ser visto na foto abaixo.

A decoração, apesar de simples é primorosa. Eles conseguiram um efeito de bevel no hot-stamping dourado que combina muito bem com a tipografia serifada escolhida para o logo da fragrância.
A tampa, que acompanha o formato do frasco é composta de 2 peças, uma “alma” de metal dourado polido, toda trabalhada com relevos, recorberta com plástico transparente.
O cartucho segue o mesmo lay-out do frasco, inclusive no formato sextavado, o que me lembra aquelas embalagens de chocolate de uma conhecida marca suíça.
Toda a campanha de lançamento do perfume será estrelada pela bela Rosie Huntington-Whiteley, que representa a mais sexy fragrância feita pela Burberry e personifica o perfeito “Body”, que da nome à fragrância. Justiça seja feita, foi uma ótima escolha. Todas as imagens da campanha foram feitas pelo ótimo Mario Testino, que inclusive terá um editorial chamado “Bodies”, a ser lançado junto com o produto em Setembro.


Aqui, alguns vídeos feitos especialmente pela marca para apresentar os detalhes do frasco e da campanha:





O convite de Christopher para conhecer o perfume:





E o belo “corpo” de Burberry Body:





Fontes:

segunda-feira, agosto 08, 2011

Very Irresistible L'Intense - Givenchy

Flankers, flankers, flankers! É só o que vemos por aí nas lojas especializadas de perfumes. Isto não é um mal em si, é somente uma vertente de marketing que visa explorar ao máximo um produto de sucesso. E temos vários produtos no mercado que parecem ter sido criados exatamente para gerar infinitas derivações do produto original, os chamados flankers.
Very Irresistible Givenchy L'Intense é a mais nova versão do perfume Very Irresistible, da marca francesa Givenchy. Para esta versão, a empresa aposta na linguagem e nos elementos do chamado Rock Chic Fashion, seja lá o que isto signifique. A grande verdade é que elementos da música, principalmente do rock’n roll tem frequentado o mundo da perfumaria de forma habitual ultimamente. Basta ver alguns doss últimos posts do blog para encontrar mais de um produto com esta mesma temática. Pelo menos, no caso da Givenchy, o tema faz parte da coleção de inverno da marca, assinada por Ricardo Tisci.
A embalagem do perfume Very Irresistible Givenchy L'Intense é a mesma do perfume original (como normalmente são os flankers), mas com uma decoração especial, alusiva ao tema. O frasco de vidro, com sua base triangular e corpo torcido, foi primorosamente produzido pela francesa SGD (ex-Saint Gobain Desjonquere) e pintado em um degradê que vai do preto para o transparente, passando por um belo tom púrpura no centro. No painel central, foi aplicado um motivo tribal, imitando uma tatuagem (outro elemento comum no universo do rock) em hot-stamping, que parece estar em alto relevo. Para conseguir este efeito, os técnicos da SGD desenvolveram um truque muito inteligente e efetivo: por baixo do hot, há pelo menos 3 camadas superpostas de silk-screen, o que confere o belo efeito tridimensional visto na decoração. Como o próprio líquido do perfume possui um tom pink, o conjunto fica muito chamativo e interessante.
O cache, em plástico metalizado brilhante, é o mesmo da versão original do perfume. A tampa é pigmentada em preto.


O cartucho (vide imagens acima) utiliza impressão off-set e hot stamping dourado, sobre papel metalizado, sendo ao mesmo tempo simples e glamuroso, sem perder as características que o ligam ao tema rock’n roll.
Para deixar a campanha para lançamento ainda mais atraente, a Givenchy convocou novamente Liv Tyler, imagem da marca já há alguns anos e tambem cujo sobrenome estará sempre ligado à música devido ao trabalho de seu pai, Steve Tyler, à frente da banda Aerosmith.
Entre os motivos para a escolha da atriz está, além da sua ligação óbvia com a música, está o fato da bela atriz e modelo personificar perfeitamente a mulher que cresceu e amadureceu mantendo a jovialidade, a alegria e a energia.
Abaixo, você vê algumas das peças para mídia impressa, fotografadas por Jean-Baptiste Mondino, que foram feitas para a divulgação da fragrância:
















E aqui, o comercial feito para TV:





Abaixo, outro comercial estrelado por Liv Tyler para outra versão do perfume Very Irresistible:





Para finalizar, um pouquinho do evento especial de lançamento, que aconteceu em novembro último:




Fontes:
Givenchy.com
Elle Uk.com