domingo, outubro 21, 2012

Le Sablier - Diptyque


Eu costumo sempre dizer que o segredo da arte da perfumaria está nos seus rituais repleto de gestos e de lembranças. E que a embalagem é o elemento responsável por proporcionar estas experiências, confirmando e muitas vezes promovendo estes gestuais.
E completo dizendo que o design é a ferramenta que pode e deve criar, recriar e até resgatar alguns destes movimentos carregados de simbolismo!
Fico extremamente feliz quando encontro uma embalagem que confirma este meu pensamento, como a do aromatizador de ambiente Le Sablier, da marca francesa Diptyque.
Existe relação mais mágica do que a junção do passar do tempo (lembrança) com o efeito quase psicodélico da arte do perfumar? Não sou nenhum expert, mas acredito que o olfato está intimamente ligado com alguma área do cérebro que relaciona cheiros com perfumes.
O design do produto, um aromatizador de ambiente, criado pelo estúdio R.Pure, transforma a embalagem literalmente em uma ampulheta, o símbolo universal de passagem de tempo. Dois frascos de vidro flint, unidos por uma peça central plástica, injetada na cor preta. Quando se vira a ampulheta, o perfume passa por dentro desta peça central, acionando o mecanismo vaporizador, fazendo o produto funcionar.
O gestual associado (virar a ampulheta) com o conceito de tempo, mais o uso da gravidade e a função do produto de aromatizar ambientes foi realizada de um jeito tão fantástico que me deixou aquela clássica perguntinha zunindo no ouvido: Por que não pensei/pensaram nisto antes? Simplesmente genial!!!
Outro detalhe interessante é que a marca Diptyque sempre foi muito conservadora no design de suas embalagens e esta também segue esta simplicidade, mas está tão cheia de significados que dispensa maiores detalhes estéticos. Porém, um detalhe não pode deixar de ser notado: este frasco, normalmente não teria área de decoração disponível, ou demandaria um processo de difícil execução, como por exemplo a tampografica. então, o logo da marca Dyptyque, foi gravado em alto relevo inteligentemente no fundo da peça de vidro. Assim, além de dispensar a decoração, o logo sempre estará visível e alinhado! Não é demais?
O cartucho é feito em papel cartão rígido, com tampa e base, decorado em somente 2 cores, dourado e preto. O cartucho do refill (vide foto acima, a direita) segue o mesmo design espartano!

Vejam o vídeo e me digam se estou errado em considerar o design genial:





Fontes:

domingo, outubro 07, 2012

Florabotanica – Balenciaga



Algumas idéias são boas mas demoram para a ser implementadas de uma maneira coerente.
A idéia de sobre-pescante (acessório, geralmente plástico, que cobre o pescante da pump), não é nova. Acredito que a primeira vez que vi algo bem resolvido com este acessório foi no perfume Dior Homme, mas ele já havia aparecido antes, feito de tecido, em um perfume cujo nome não me recordo agora.
Mas nada se compara ao que a Aptar produziu para a embalagem do perfume Florabotânica, da Balenciaga (mais uma das marcas sob o imenso guarda-chuva da Coty Prestige).
O desenvolvimento da embalahem foi acompanhado de perto pelo diretor criativo da marca, Nicolas Ghesquière, que produziu um design para o frasco incrivelmente clássico e simples com uma realização primorosa dos detalhes que chama muito a nossa atenção para a embalagem.
De formato retangular, o frasco de vidro bem que poderia ser standard, já que externamente não há nada de especial no seu shape.
A decoração também é extremamente simples no seu conceito, mas extremamente difícl de se produzir, com um painel lateral pintado em um vermelho translúcido e o outro com as bordas (ou bevel) minuciosamente pintado em um tom lilás que invade as arestas inferiores. No painel frontal, somente o nome da fragrância em letras caixa-alta e negrito, acompanhada da marca Balenciaga e da origem Paris.
A pump é uma VP4 customizada e a idéia da tampa, produzida pela Aptar Beauty+Home, é a de um frasco de laboratório estivesse dentro de um outro frasco e acredito que fizeram isto muito bem. Tanto a tampa quanto o tal sobre pescantes foram feitos com a técnica de bi-injeção de polipropileno nas cores preto e branco, criando assim listras perfeitamente e milimetricamente alinhadas. A relação das proporções da tampa e do sobre-pescante, junto com o efeito de refração da fragrância proporcionam um visual ao mesmo tempo intrigante e impactante! Genial! Parabéns Aptar!!!
Nicolas Ghesquière também foi responsável pelo design do cartucho, com destaque para as flores e as cores presentes na arte-final.

Kristen Stewart para Balenciaga

A Coty, escolheu como modelo para divulgar a fragrância a atriz e eterna candidata a vampira, Kristen Stewart. Curiosamente, ela declara que não usa perfumes, mas o burburinho envolvendo a vida particular da atriz com o ator Robert Pattinson claro que serve de combustível para divulgar o perfume e atrairá certamente o público jovem para a marca.

Veja abaixo o material para mídia impressa:








Aqui, você assistem um making off da sessão de fotos, feita por Steven Meisel:



Fontes: