domingo, outubro 21, 2012

Le Sablier - Diptyque


Eu costumo sempre dizer que o segredo da arte da perfumaria está nos seus rituais repleto de gestos e de lembranças. E que a embalagem é o elemento responsável por proporcionar estas experiências, confirmando e muitas vezes promovendo estes gestuais.
E completo dizendo que o design é a ferramenta que pode e deve criar, recriar e até resgatar alguns destes movimentos carregados de simbolismo!
Fico extremamente feliz quando encontro uma embalagem que confirma este meu pensamento, como a do aromatizador de ambiente Le Sablier, da marca francesa Diptyque.
Existe relação mais mágica do que a junção do passar do tempo (lembrança) com o efeito quase psicodélico da arte do perfumar? Não sou nenhum expert, mas acredito que o olfato está intimamente ligado com alguma área do cérebro que relaciona cheiros com perfumes.
O design do produto, um aromatizador de ambiente, criado pelo estúdio R.Pure, transforma a embalagem literalmente em uma ampulheta, o símbolo universal de passagem de tempo. Dois frascos de vidro flint, unidos por uma peça central plástica, injetada na cor preta. Quando se vira a ampulheta, o perfume passa por dentro desta peça central, acionando o mecanismo vaporizador, fazendo o produto funcionar.
O gestual associado (virar a ampulheta) com o conceito de tempo, mais o uso da gravidade e a função do produto de aromatizar ambientes foi realizada de um jeito tão fantástico que me deixou aquela clássica perguntinha zunindo no ouvido: Por que não pensei/pensaram nisto antes? Simplesmente genial!!!
Outro detalhe interessante é que a marca Diptyque sempre foi muito conservadora no design de suas embalagens e esta também segue esta simplicidade, mas está tão cheia de significados que dispensa maiores detalhes estéticos. Porém, um detalhe não pode deixar de ser notado: este frasco, normalmente não teria área de decoração disponível, ou demandaria um processo de difícil execução, como por exemplo a tampografica. então, o logo da marca Dyptyque, foi gravado em alto relevo inteligentemente no fundo da peça de vidro. Assim, além de dispensar a decoração, o logo sempre estará visível e alinhado! Não é demais?
O cartucho é feito em papel cartão rígido, com tampa e base, decorado em somente 2 cores, dourado e preto. O cartucho do refill (vide foto acima, a direita) segue o mesmo design espartano!

Vejam o vídeo e me digam se estou errado em considerar o design genial:





Fontes:

2 comentários:

Vamos lá! Dê o seu pitaco! Comente!