quarta-feira, abril 28, 2010

Exubérance - O Boticário


Há algum tempo, recebi um email de um leitor (Jorge Carocas) me perguntando sobre um certo perfume do Boticário, que tinha embalagem branca e tampa parecendo pedra. Abaixo, segue um breve relato sobre esta embalagem, resultado de uma deliciosa pesquisa que me fez ainda mais apaixonado pela embalagem da perfumaria.

O ano era 1988. O Boticário, então uma empresa com somente 10 anos em atividade, seguia firme com sua vocação para a inovação na perfumaria brasileira. E convenhamos, faz isto com maestria até os dias de hoje.
Exubérance é, na minha opinião, um marco no desenvolvimento de embalagens para perfumes no Brasil. O frasco era a tradicional ânfora – embalagem símbolo do Boticário, já comentada neste blog –, só que neste caso, a embalagem foi produzida na França, em vidro opaline, uma das possibilidades de fabricação de vidro descoberta pelo fundador da empresa, em uma de suas viagens pela Europa.
As tampas – vide foto abaixo - eram corajosamente feitas em pedra sabão, por artesãos de Ouro Preto, em Minas Gerais, cidade internacionalmente reconhecida pela sua relação com arte há séculos. Para garantir acoplamento com o frasco, utilizava-se um inserto plástico, que era colocado manualmente pelos próprios artesãos mineiros.


O cuidado com o produto era tanto, que em cada frasco era aplicada uma etiqueta adesiva de papel com o nome do produto, como pode ser visto em um anúncio da época:



Infelizmente, os custos (logísticos e de qualidade) desta embalagem eram muito altos, o que inviabilizou o produto no longo prazo. O vidro opaline ficou cada vez mais caro de ser produzido e a tampa quebrava-se facilmente, o que gerava perdas em linha de produção e também contribuiu para a decisão de descontinuar o produto.
De qualquer forma, fica aí um exemplo de trabalho primoroso de desenvolvimento de embalagens e do uso diferenciado de materiais e de processos de produção. Seria interessante retomar este espírito na perfumaria, não seria?

Sobre o vidro Opaline
O vidro opaline é um tipo de vidro decorativo que foi produzido na França,nas cidades de Le Creusot, Baccarat e Saint Louis principalmente entre 1800 e 1890, sendo muito popular durante o reinado de Napoleão III entre 1850 e 1860, principalmente utilizado em lustres e outros objetos de decoração. Este tipo de vidro é opaco ou levemente translúcido e geralmente apresenta coloração branca, mas também podia ser produzido em tons de verde, azul, rosa, preto, lilás e amarelo. De aspecto Premium, também era chamado de demi ou semi-cristal.
As melhores referências para o vidro opaline são os livros Les Opalines de Christine Vincendeau e L’Opaline Française au XIXe siècle escrito por Yolande Amic.

Fontes: Wikipédia
O Boticário

sábado, abril 03, 2010

Only the Brave Iron Man 2 -Edição especial - Diesel


Em uma ação conjunta ao lançamento do filme Homem de Ferro 2 (Iron Man 2) , a marca Diesel lançará, a partir de maio, uma edição limitada do perfume Only the Brave, já resenhada aqui no Blog.
A embalagem é a mesma do perfume original, com frasco de vidro produzido pela vidraria francesa Pochet.
Agora, ele é pintado em vermelho brilhante, no mesmo tom que fez famoso o personagem criado por Stan Lee. A tampa e pump de metal são dourados, em mais uma referência a armatura do super-herói da Marvel.
O detalhe da marca Diesel em alto relevol continua lá, só que agora dourado.
O cartucho é bem pop e traz uma reprodução de quadrinhos do homen de ferro.
Uma curiosidade é que achei 2 imagens do cartucho: a primeira que vc vê abaixo, não faz referência a 2ª aventura do herói no cinema enquanto a outra mais abaixo claramente mostra Iron Man 2 no lettering.




Abaixo, como não poderia faltar, o trailer do filme:


E aqui, o comercial para TV da fragrância original:


Fontes:
Youtube
Fashion Fame
Los Angeles Times