sexta-feira, agosto 12, 2016

É pau, é pedra, é um milhão de caminhos...


Recentemente escrevi um artigo para a revista EmbalagemMarca sobre as possibilidade que o design de embalagem pode oferecer para os mais variados tipos de produto.
O link para o artigo segue abaixo. Visitem, leiam, comentem compartilhem. A Revista EmbalagemMarca é a melhor publicação para o nosso seguimento de mercado.
Espero que gostem!

http://www.embalagemmarca.com.br/2016/08/e-pau-e-pedra-e-um-milhao-de-caminhos/

sexta-feira, junho 10, 2016

Tribu - Benetton


A década era a de 1990, o século era o passado. Naquela época, quem era interessado por comunicação, publicidade e design certamente acompanhava o trabalho de Oliviero Toscano, então diretor de arte do Grupo Benetton, que produz roupas e acessórios de moda. Qualquer conversa sobre o trabalho desta marca passa pela famosa campanha que elevou os ânimos no final dos anos 80 e inicio dos 90 e que antecipou muito dos temas que hoje são discutidos com mais abertura, como tolerância, homofobia, preconceito em geral e que você pode ver algumas imagens no final do post.
Mas uma outra área onde a Benetton sempre se destacou foi no lançamento de fragrâncias com embalagens diferenciadas, sempre misturando diversos materiais e fugindo do lugar comum que tem dominado o design de embalagem perfumes. Um destes produtos eu já resenhei aqui no blog há algum tempo (leia o Post de 2007).


Recentemente eu ganhei de presente uma caixa enorme, cheia de frascos de perfumes e entre eles estava um de formato esquisito, todo plástico, laranja e vermelho, que nunca tinha visto e que me chamou a atenção. Tive que pesquisar mais sobre ele e as únicas informações que tinha era a decoração do frasco que dizia TRIBÙ e UNITED COLORS OF BENETTON. 

Primeiro, descobri que o perfume foi lançado em 1993, ano em que a equipe Benetton nos brindou com um jovem piloto chamado Michel Schumacher, que viria a ser o piloto mais vitorioso da F1. 

O design da embalagem ficou a cargo de Tamotsu Yagi do estúdio de design de.MO, de New York. Tamotsu então criou uma embalagem híbrida, composta de um frasco de vidro fosco de formato cilíndrico, que mais parece uma ampola com duas extensões laterais (como de fossem asas) e de base larga. Ele então revestiu este frasco com 2 peças plásticas em PP, ambas translúcidas e foscadas no molde, uma laranja nas laterais e uma vermelha.
A pump é simples mas o cache (PP natural) e o atuador (PP pigmentado vermelho) são feitos emplásticos (coisa que é ainda difícil de se ver hoje em dia).
  
Infelizmente, a peça que ganhei não tinha tampa, mas pude verificar que a tampa era no estilo "bola", muito popular nos anos 90 e largamente utilizado por empresas de cosméticos brasileiras, no mesmo tom vermelho da peça da base do frasco.
A decoração é somente um silk-screen branco com o nome da fragrância no painel frontal e com a marca no verso. 

O cartucho é simples, com um padrão impresso que lembra papel reciclado (outra coqueluche daquela década) com os dizeres em amarelo (uma cor não muito recomendada para impressos, na minha opinião).
O design desta embalagem rendeu à de.Mo o Clio Award de Direção de Arte e Design de 1994 e a embalagem hoje é parte do acervo do Museu de Arte Moderna de São Francisco!
O produto também fazia parte de uma linha maior de produtos como pode ser visto na imagem abaixo:


Aqui, você pode ver alguns dos materiais para mídia impressa feito em 1993:
E mais algumas imagens e campanhas polêmicas de Oliviero Toscani para a Benetton:


 

 

 

 

Fontes:
AdAge.com
Wikipedia - Oliviero Toscani
Oliviero Toscani
de.MO Agency Studio

terça-feira, junho 07, 2016

Love Fury - Nina West


Quem me conhece sabe que eu adoro o design dos sapatos femininos. Gosto muito das possibilidades infinitas e da criatividade dos vários estilistas deste segmento de mercado. O fascínio que este acessório exerce sobre as mulheres (e homens também) é algo inexplicável e produziu inúmeros produtos para deixar as usuárias ainda mais bonitas.
Fundada em 1978 em New York, a Nine West já era uma marca reconhecida no universo dos sapatos femininos quando em 2012 decidiu lançar o primeiro perfume que leva a sua marca.
Para tal empreitada, a Nine West escolheu um dos seus modelos disponíveis, para inspirar e carregar os principais atributos da marca (sex, chic, urbano e moderno) para a criação olfativa, feita na época pela Firmenich. Este modelo é o Love Fury, disponível até hoje e que também deu nome à fragrância.
O design da embalagem não poderia ser mais simples e elegante, e também se apropria de atributos dos sapatos da marca, reconhecidamente belos, glamourosos e confortáveis.
Um frasco de vídro liso e flint, de formato retangular mas com chanfros de 45º nas arestas, o que confere suavidade e movimento ao design.
O perfume foi um dos primeiros a se utilizar de forma inteligente o que é chamado hoje de sobre pescante. Na cor preta e com formato cônico, este acessório juntamente com a tampa formam uma ilusão de ótica que simboliza o formato de um salto. Sacada genial e muito simples, mas que rapidamente conecta ao core business da marca.

A pump (veja no detalhe acima) é bastante simples e comum com acabamento metálico dourado brilhante, outro elemento muito presente nos sapatos da marca. O cache, de mesmo acabamento suporta a tampa, deixando à mostra sua porção inferior onde está gravado em preto o nome da fragrância (e do sapato): Love Fury.

A tampa é em material plástico, superbem acabado, em um tom preto brilhante, mas não muito, quase imitando o material utilizado nos sapatos e tem o formato de um salto alto. Conforme mencionado acima, junto com o sobre pescante e com a refração provocada pelo vidro e pelo líquido, provocam um interessante efeito.
Detalhes dos chamfros no frasco e do cartucho em 2 peças, como nas caixas de sapatos.

O cartucho também é simples mas com um detalhe intessante: ele também tem base e tampa como os cartuchos utilizados em sapatos. O material do cartucho é rígido (papel de pasta mecânica revestido com papel branco) decorado em somente 2 cores: dourado e preto, exatamente como são as caixas de sapato da marca.
Outras marcas já utilizaram sapatos como inspiração para perfumes e embalagens, inclusive a Avon, na década de 80. Trarei no futuro alguns destes produtos para mostrar aqui no blog.
Recentemente, como pode ser viso na imagem abaixo, foi lançada a versão Love Fury Kiss, que traz a cor pink ao design do produto:


Aqui, o modelo Love Fury, que deu nome à fragrância:
 
E aqui alguns materiais promocionais:




E o comercial para mídia eletrônica:



Fontes:

sábado, junho 04, 2016

Rose Extreme - M. Micallefs

M.Micallef é uma marca de perfumaria, fundada em 1996 em Grasse, o berço da alta perfumaria mundial. Apesar de pouco conhecida do grande público, Atualmente conta com 900 pontos de vendas em 46 países, com grande sucesso!
O nome da marca vem de Martine Micallef, nascida em St Paul de Vence, uma pequena cidade na região de Grasse que tive a oportunidade de visitar em 2006. Toda a região da Cotê d'Azur, além da pela paisagem que atrai turistas e artistas do mundo todo, também vive da magia do perfume. Martine é uma artista plástica que em 96 se uniu a Geoffrey Nejman, um ex-banqueiro alemão e Jean Claude Astier para criar a marca. Ela responsável pelo design dos produtos, Geoffrey ficou com a parte financeira e Jean já era um renomado perfumista quando se juntou ao grupo.
O principal atributo da marca são os frascos desenhado por Martine e decorados à mão, uma obsessão pela busca da perfeição e a concepção de fragrâncias únicas, o que resultou em verdadeiras obras de arte, reafirmando a fórmula do sucesso que une bom gosto, arte e perfumaria.

O produto que quero mostrar hoje é o Rose Extreme, último lançamento da maison M. Micallef. O design da embalagem é bastante primal, com o frasco de vidro polido a fogo lembrando mesmo uma gema pré lapidação. Não confunda pré-lapidação com aspecto rústico! Os frascos são super bem acabados, com curvas "sensuais" e possuem o fundo grosso, a marca registrada dos perfumes finos! Toda extensão das laterais do frasco é adornada com 200 cristais Swarovski, delicadamente escolhidos e aplicados a mão, como uma das assinaturas da marca. A tampa é a mesma utilizada em vários outros perfumes da marca e o design lembra também uma gema preciosa, primorosamente metalizada em dourado brilhante. A cor amarcela do perfume junto com o dourado da tampa contrastam com o brilho dos cristais Swarovski, num efeito muito atraente!
O cartuchos são feitos de madeira clara e todo revestido em camurça neutra internamente. Todos os detalhes e acabamentos são extremamente bem cuidados!


Luxuoso cartucho para o Perfume. Note o detalhe da no interior da tampa.

Custo do perfume: US$625 no momento que estou fechando este Post!
Aqui, uma foto de Martine Micallef e Geoffrey Nejman (que aliás são esposa e marido):
E aqui, um mini dicumentário mostrando todo o delicado e primoroso trabalho de criação e confecção dos perfumes M.Micallef, com a própria Martine mostrando seu talento e cuidado com as embalagens:

quarta-feira, maio 11, 2016

Gucci Bamboo - Gucci

Lançado em 2015, o perfume Gucci Bamboo foi o último produto de uma coleção de bolsas e acessórios com o tema bamboo. Em todos os itens da coleção, como pode ser visto nas imagens abaixo, sempre há um elemento que remete ao formato da planta.

 

Foto: Anel e bolsas da coleção Gucci Bamboo

O design do frasco bebe direto do estilo art déco, com grandes painéis facetados e polidos, como se o vidro fosse cortado rapidamente por uma lâmina super afiada. No painel frontal, a decoração em silk-screen traz o nome da fragrância.
















A tampa é bem simples e assim como as alças das bolsas da coleção, tem o formato de uma seção do bamboo. Feita em plástico metalizado, na cor prata brilhante, seu formato orgânico constrasta com as linhas retas do frasco e combina com o tom rosa do perfume.


Aliás, o cartucho (imagem acima) desta fragrância é também na cor rosa e prata. No frontal do cartucho, um alto relevo do conhecido logo Gucci toma conta da embalagem. Um olhar mais atento revela que o logo foi todo reestilizado para incorporar elementos do bamboo, mas sem alterar a identificação do símbolo da marca.
Gal Gadot, a mulher maravilha do cinema, que participou do filme Batman Vs Superman é o rosto da marca e aparece em todos os materiais para divulgação.
Aqui, os para mídia eletrônica e impressa:








E aqui, o comercial para TV:



Fontes:
Gucci
What Laura Loves
Harrods