sexta-feira, novembro 11, 2011

Madly Kenzo



Já mencionei em outras oportunidades que alguns designers vão, ao longo de suas carreiras, construindo suas imagens se apropriando de elementos gráficos e formais. Quando conseguimos identificar que um tal traço é de um designer específico siginifica que este atingiu um grau de apropriação das formas tal que estas se tornam sua própria identidade, quase como se fosse uma marca registrada.
Ron Arad é um destes designers que conseguiram criar esta associação de seu trabalho com alguns traços característicos. E ele foi o responsável pelo design do último perfume da marca Kenzo, chamado de Madly Kenzo.
O briefing passado para o design pedia a criação de uma embalagem para um perfume criado especialmente para a mulher que é livre, que ama loucamente esta liberdade, é audaciosa e não se prende à convenções.
Ron Arad então se inspira no vôo de uma borboleta para a criação do frasco. 
O frasco é de vidro flint, de uma distribuição impressionamentemente regular. Aliás, esta regularidade da parede do frasco foi o que mais me chamou a atenção, pois é algo extremamente difícil de se obter e que permitiu a utilização de um pescante super reto, outra coisa difícil de se ver em perfumaria. Aqui no Brasil, não conheço nenhuma vidraria onde seja capaz de se obter uma embalagem com estas características.
O formato do frasco é de uma elipse oblonga levemente torcida. Nas suas laterais linhas contínuas tomam todo o perímetro e reforçam a sensação de movimento infinito que embalagem transmite.



Foi utilizada ainda no frasco, uma pintura (spot) na cor azul escuro, o que le confere uma sensação de estabilidade, mesmo com sua base mínima. A decoração, além desta pintura no fundo é somente a gravação  em silk screen do nome Kenzo em vermelho vivo, no que seria o painel frontal da embalagem.
Uma pump prata brilhante serve de suporte para uma tampa plástica super transparente, assim como o vidro, que serve de complemento para o forma da elipse, inclusive com as mesmas linhas que dão idéia de continuidade, com um encaixe perfeito. 






O cartucho, como pode ser visto na imagem acima, é bem simples, porém transmite perfeitamente a idéia de liberdade e alegria presentes no briefing. De formato retangular, ele foi impresso em cromia onde foram tomado cuidados especiais para a obtenção das cores vivas que se vê na arte.


Curiosamente, na minha opinião, este frasco (guardadas as devidas proporções) se parece bastante com um outro com inspiração completamente diferente já comentado aqui, para a mesma marca Kenzo pelo mesmo Ron Arad. Vejam imagem abaixo do perfume sem nome de Kenzo, leiam o post aqui e tirem suas próprias conclusões!



No site da fragrância, há um entrevista imperdível com o designer, onde ele mostra seu estúdio e seu processo criativo aplicado na criação desta embalagem. Uma das coisas que ele cita é o quão difícil é a criação de um objeto e como a compreensão desta dificuldade é algo distante para quem não é designer.
Abaixo, algumas etapas do desenvolvimento do design do frasco:








Aqui, algumas imagens dos anúncios feitos para mídia impressa:
 






Aqui, o vídeo feito para a fragrância:





Fontes:
Kenzo Parfums
Madly Kenzo
Ron Arad Studio
Ron_Arad_(industrial_designer)
Youtube



2 comentários:

  1. Curto muito seu blog! Estarei sempre aqui.
    Abraços!
    www.odorataparfuns.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Curto muito seu blog! Estarei sempre aqui.
    Abraços!
    www.odorataparfuns.blogspot.com

    ResponderExcluir

Vamos lá! Dê o seu pitaco! Comente!