terça-feira, maio 03, 2011

Elysée - O Boticário




Acho que já comentei aqui no blog que a segunda metade da década de 90 do século passado foi marcante para o mercado de perfumaria brasileira. É que em 1995 desembarcou no Brasil, vindo da França, um dos maiores designers de embalagens do mundo: Pierre Dinand.
Entre os vários mock-ups que Dinand trouxe estava este pequeno frasco que estampa aí a abertura deste post.
Trata-se da colônia Elysée, lançada pelo Boticário em 1997.

 
 
O frasco, obviamente desenhado pelo grande Pierre Dinand foi confeccionado em vidro, na França, pela Saint Gobain. Em forma de cone com base elípitica, ele possui nesta região um chanfro que foi todo trabalhado com relevos no molde Vide fotos abaixo:

 


Depois, recebeu uma foscação química muito fina, dando acabamento acetinado ao conjunto. A decoração foi feita em silk screen na cor branca, tanto na frente quanto na parte traseira. Atualmente, é muito raro um frasco decorado com textos legais diretamente no vidro (veja foto acima). Geralmente esta informação está no fundo ou somente no cartucho.


A tampa, já em 1997 foi feita no processo de bi-injeção juntando 2 materiais incomuns para o mercado de perfumaria, um deles um elastômero na cor rosa, que proporciona uma sensação muito agradável. O efeito colateral dos materiais escolhidos é que eles atraem poeira e com o tempo, ficam com a aparência aí da foto. Atualmente, a indústria de plásticos já desenvolvel aditivos anti-estática que praticamente eliminam esta característica. Tanto os moldes quanto a produção das peças foram feitas pela empresa francesa Teleplastic. Uma curiosidade, é que com o passar dos anos, esta empresa foi comprada pelo grupo Techpack, que foi comprada pela Alcan, cuja operação de embalagens para perfumaria foi comprada pela Albéia, atual nome da empresa no mercado.
Mais tarde, o Boticário descontinuou esta embalagem e passou o produto para a ânfora padrão da empresa. Hoje, este produto não está mais em linha.
 
Sobre o Ateliers Dinand.
Os primeiros trabalhos realisados pelo Ateliers Dinand, fundado em 1968 em Paris, por Pierre Dinand, foram os perfumes Madame de Rochas, Opium (YSL) e Magic Noire (Lancôme). Estes foram os primeiros de uma série que hoje contabiliza mais de 1000 criações de embalagens de cosméticos e perfumes.
Entre as mais diversas contribuições para a arte de desenhar embalagens para perfumaria, Dinand foi pioneiro na união de vidro com outros materiais e processos, como por exemplo o plástico galvanizado (Calandre – Paco Rabanne), a primeira utilização do Surlyn (Obsession – Calvin Klein) e o Nylon nas embalagens do perfume Opium (YSL).
Atualmente, o Ateliers Dinand é dirigido por Geraldine Mezières. Dinand há muito tempo não mais trabalha mais lá, cuidando de projetos pessoais muito especiais, como por exemplo o prêmio anual Pentawards.
 
Fontes :

31 comentários:

  1. Anônimo21:20

    Porque a boticário trás esse perfume elysse de volta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estive hoje em uma loja do O Boticário e tive a maravilhosa notícia de que o perfume Elyseé voltará para a linha ainda este ano. As vendedoras, que não conheciam o produto, acharam que se tratava de um lançamento da marca e ficaram surpresas com a minha alegria e pequeno escâncalo. Quando falei do que se tratava, um perfume marcante e que deixou muita saudade, fizeram questão de mostrá-lo na revista com os ciclos de produtos, com previsão de chegada às lojas em 21 de setembro.

      Excluir
    2. Olá ,o retorno será em 21 de setembro de qual ano? Obrigada

      Excluir
    3. Anônimo22:35

      Desse ano 2015. Ele volta com um design totalmente novo e a embalagem remete a uma joia. Maravilhoso e faço questão de adquirir ^^

      Excluir
    4. Anônimo18:21

      Estará de Volta! Porém sua fragancia foi modificada, e claro está muito melhor! agora em EUA DE PARFUM que fixa muito mais na pele!

      Excluir
    5. Eu amava esse perfume, ganhei do meu esposo em aniversário de casamento! Veio em uma frasqueira branca que guardo até hoje de recordação!

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    7. Infelizmente a fragrâcia não é a mesma! Perguntei à vendedora e experimentei! Eu também amava este perfume, mas apenas o nome é re-lançamento! fiquei decepcionada!

      Excluir
  2. Sei que seu site é sobre as embalagens, mas realmente gostava muito desse perfume! Então, você saberia dizer as suas notas e qual perfume no mercado se assemelha a ele?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ele é chypre floral .. Agora um perfume que se assemelhe a ele é muito raro de se encontrar :)

      Excluir
  3. Sou vendedora o Boticario e to encantada com o cheiro maravilhoso dessa joia..ele me lembra um perfume q amo e tbm saiu das prateleiras ..kenzo eau de soier silk..pra mim sao quase identicos.to muito feliz em saber q irei usar realmente um perfume que me trará 100%.de satisfação.♡

    ResponderExcluir
  4. Nem acredito...usei muito em 1997,era minha marca e o meu cheiro...vou correndo comprar!!! Super feliz!!! 😀😀

    ResponderExcluir
  5. Fico feliz que ele voltou vou comprar pois marcou a minha vida

    ResponderExcluir
  6. Fico feliz que ele voltou vou comprar pois marcou a minha vida

    ResponderExcluir
  7. Era colônia e agora é eau de perfum?

    ResponderExcluir
  8. infelizmente fui a uma loja sentir a fragrância e não é a mesma, até hoje guardo a embalagem e me recordo do cheiro maravilhoso, mas mudou muito.... estava tão empolgada, mas me frustrei, o cheiro do atual não é ruim, mas não é igual ao do passado do ano de 1997

    ResponderExcluir
  9. Puxa !! Que triste. estou lendo os comentários e arrasada por saber que o novo Elysée não se trata da mesma fragrância de 1997 que até hoje me recordo do aroma. Ainda não tive tempo de ir a uma loja, mas alguém pode me dizer se ele lembra em alguma coisa a fragrância de 1997 ?????

    ResponderExcluir
  10. Já vou hoje mesmo comprar, adorava o antigo que usei muito em 1997, Já enviei muitos e-mail pra Boticário relançar. Pena que a fragrância não será a mesma. Vamos ver se é melhor mesmo. Outro perfume que deveria ser lançado é o Home. com

    ResponderExcluir
  11. Já vou hoje mesmo comprar, adorava o antigo que usei muito em 1997, Já enviei muitos e-mail pra Boticário relançar. Pena que a fragrância não será a mesma. Vamos ver se é melhor mesmo. Outro perfume que deveria ser lançado é o Home. com

    ResponderExcluir
  12. Anônimo23:08

    Frustrante o cheiro nao é o mesmo ....bem que o boticario podia fazer uma edição limitada do antigo Elysse....

    ResponderExcluir
  13. Cacau12:35

    O novo perfume Elysée é um EDP maravilhoso! É elegante, ao mesmo tempo marcante e suave, um perfume delicioso que encanta e arranca elogios. Infelizmente, há muitas críticas por se tratar de um perfume nacional. Os brasileiros têm a péssima mania de valorizar e exaltar apenas o que vem de fora, no caso, os perfumes importados.

    Posso garantir que esse novo perfume do Boticário é melhor que muitos importados por aí. Tem muito perfume importado impróprio para nosso clima, demasiado fortes. Os brasileiros podem apreciar um perfume importado? Claro, eu também gosto de vários. Mas os brasileiros deveriam valorizar mais os perfumes nacionais. Há muitos nacionais de ótima qualidade, fixação na pele e com um cheirinho ótimo.

    O novo Elysée é sem dúvida uma joia! Muito elegante e um aroma agradabilíssimo.

    ResponderExcluir
  14. Não gostei...me arrependi ter comprado...cheiro de início até q e bom, mas nota final que fica.... só cheiro de almíscar e daqueles mais barato AFF...estou desistindo da boticário..

    ResponderExcluir
  15. Eu já usei o perfume e eu percebi que as notas não são as mesmas.
    Mas continua maravilhoso. S2 fiquei muito triste de saber que ele saiu de linha uma vez quando eu fui procurar.

    ResponderExcluir
  16. engraçado que estive em três lojas do o boticário e os vendedores não conheciam essa versão do elisée, acham que o atual é lançamento.

    ResponderExcluir
  17. Fiquei decepcionada..., nada a ver com antigo Elysée..., e não gostei dessa nova fragância... Eu adoro os perfumes importados, porém adorava o Elysée. A vendedora nem sabia e achava que se tratava de um lançamento.

    ResponderExcluir

Vamos lá! Dê o seu pitaco! Comente!