segunda-feira, novembro 22, 2010

White Goldskin - Ramon Molvizar



Em primeiro lugar, acredito que esta embalagem é muito inovadora em muitos aspectos. E, em segundo lugar, acho que esta é a primeira vez que vejo uma embalagem de perfume feita de polipropileno expandido. Isto mesmo, um material semelhante ao poliestireno expandido, nosso conhecido Isopor.
White Goldskin é o nome de uma das fragrâncias de luxo da linha Ramon Molvízar, da empresa espanhola Béjar Signature.
O frasco de vidro tem o formato de diamante lapidado, já exaustivamente utilizado nos designs de perfumes por aí. Curiosamente e na contramão dos Perfumes que tenho comentado aqui, destaque vez toda a inovação está no cartucho.
A versão que você vê na foto que abre este post é do relançamento do perfume, que recebeu, para esta ocasião, um repacking que transformou o cartucho anterior, feito de madeira.
Para este versão, a empresa alemã Storopack, sugeriu o uso do o EPP (polipropileno expandido), principalmente pela capacidade do material em oferecer os mais diferentes formatos, com a vantagem de possuir baixo peso e excepcional resistência e capacidade de proteger o frasco.
Para se conseguir o efeito desejado, os especialistas em EPP da Storopack, utilizaram uma texturização especial no molde, que provoca uma laminação no exterior do cartucho, formadores por suas partes: base e tampa.
A base, que serve também de suporte para o frasco, acomoda uma faixa cuidadosamente posicionada onde está gravado em prata o nome da fragrância e a indicação quantitativa. Já a tampa não possui nenhuma gravação aparente.
Depois de encaixadas, as duas partes são unidas por uma cinta de papel cartão impressa. 
O resultado é interessante e inusitado, principalmente por este ser um material proporcionar uma aparência e uma experiência completamente diferentes do que se costuma ver em uma embalagem de perfume.

Fontes: 

www.storopack.com
OpenPR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos lá! Dê o seu pitaco! Comente!