sexta-feira, janeiro 18, 2008

Quizás, quizás, quizás - Loewe








O perfume Quizás, quizás, quizás, da marca Loewe, foi inspirado pela famosa canção de Osvaldo Farrés, que tem o mesmo nome.
Assim como a canção, o design do frasco busca evocar perguntas cujas respostas são infinitas.
O design do frasco, simples e muito bonito, é trabalho de Pablo Reinoso, e se baseia na cinta sem fim do artista Moebius, que por sua vez evoca o símbolo do infinito (um oito deitado) representando a beleza infinita da silhueta feminina. A escolha foi perfeita, pois confere ao frasco ao mesmo tempo um ar clássico e moderno. A decoração está localizada na lateral do frasco e deve ter sido muito difícil de se fazer.
A tampa (veja foto abaixo) tem miolo metálico com cobertura transparente. No topo, está gravado o logotipo da marca Loewe.


Abaixo o comercial da fragrância (na minha opinião, um misto de Lazy Town com Inteligência Artificial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos lá! Dê o seu pitaco! Comente!